Sexta, 18 de Junho de 2021 05:40
066 99679-8308
Economia Economia

Bolsonaro pede a Putin que Brasil e Rússia diversifiquem parceria

Em mensagem a fórum econômico, presidente brasileiro falou que países devem explorar cooperação na área de tecnologia

04/06/2021 09h46
Por: Redação Fonte: R7
Bolsonaro pediu a empreendedores das nações que identifiquem novas oportunidades comerciais - (Foto: Anderson Riedel/PR - 02/06/2021)
Bolsonaro pediu a empreendedores das nações que identifiquem novas oportunidades comerciais - (Foto: Anderson Riedel/PR - 02/06/2021)

Em mensagem de vídeo enviada à sessão plenária do 24º Fórum Econômico Internacional de São Pesteburgo, na Rússia, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, afirmou que "há amplo potencial para diversificar nossa pauta comercial" entre os países. 

"O comércio entre Brasil e Rússia pode e deve incorporar alto grau de desenvolvimento de nossas economias, de modo a abranger produtos de maior valor agregado em proporções crescentes", disse Bolsonaro. "O Brasil está aberto a novas oportunidades de cooperação em alta tecnologia, a exemplo de nanotecnologia e materiais avançados, da inteligência artificial e da biotecnologia."

O vídeo de Bolsonaro foi exibido logo antes da fala do presidente da Rússia, Vladimir Putin, anfitrião do evento. O manatário brasileiro destacou que, no contexto dos desafios da recuperação econômica impostos pela pandemia, o fórum contribui para criação de novas parcerias.

Bolsonaro falou da cooperação de longa data com a Rússia e ressaltou que, nos próximos, o Brasil "deve consolidar-se como o maior produtor mundial de alimentos, mesmo no contexto da pandemia que assola o planeta". 

"Continuamos a garantir a segurança alimentar de 1/6 da população mundial. Apenas 27% de nosso território é utilizado pelo agronegócio. Temos orgulho de conservar 84% do nosso bioma amazônico e 66% de nossa vegetação nativa. Trabalhamos para potencializar nossas exportações de alimentos para o mercado russo e de outros países da região. Nossas economias estão inseridas de forma positiva na cadeia de valor do agronegócio", afirmou o presidente.

Bolsonaro pediu para empreendedores de ambas as nações identifiquem novas e lucrativas oportunidades comerciais. "Nesse sentido, é importante aprofundarmos nossa cooperação na área de investimentos. Continuemos trabalhando juntos para desenvolver parcerias nas áreas de tecnologia, defesa, espaço, energia e saúde."

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.