">';
Corona
CDL
Barreiras Sanitárias

Barreiras sanitárias são colocadas em entradas de cidades para conter propagação do coronavírus em MT

Funcionários da vigilância sanitária, saúde pública e polícia militar fazem vistorias em todos os veículos que entram na cidade.

21/03/2020 20h32
Por: Redação
Fonte: Emilly Cassim e Guilherme Barbosa | G1
Barreira sanitária é feita em Paranaíta — Foto: Prefeitura de Paranaíta
Barreira sanitária é feita em Paranaíta — Foto: Prefeitura de Paranaíta

As prefeituras de Paranaíta, no norte de Mato Grosso, e Tangará da Serra, no sudoeste do estado, determinaram barreiras sanitárias nas entradas dos municípios como forma de prevenir a transmissão e propagação do coronavírus.

A barreira em Paranaíta, a 849 km de Cuiabá, foi estabelecida neste sábado (21). Funcionários da vigilância sanitária, saúde pública e polícia militar fazem vistorias em todos os veículos que entram na cidade.

De acordo com a secretária de Saúde do município, Andreia Fabiana dos Reis, todos que entram em Paranaíta estão sendo entrevistados. Eles respondem de onde vem e se há casos suspeitos na família.

"Caso chegue de algum local com casos confirmados de Covid-19, a pessoa será registrada no sistema e monitorada pela equipe da Secretaria de Saúde Municipal por 14 dias. Durante esse período, a equipe vai estar em contato com essa pessoa para saber como está o quadro de saúde dela", explica.

A medida, segundo Andreia, deve ajudar a restringir a chegada do vírus na cidade.

O prefeito Antonio Domingo Rufatto explica que a medida serve, principalmente para aquelas pessoas que saíram do município, foram para área de risco e voltaram.

"Essa barreira sanitária é justamente para monitorar essas pessoas e evitar a propagação da doença," afirma.

A prefeitura instituiu também um centro de atendimento para todas as pessoas que apresentam alguma síndrome gripal. Esse paciente deve ficar isolado, sem contato com os demais.

Em Tangará da Serra, a 242 km da capital, três barreiras foram estabelecidas neste sábado (21), após o decreto de situação de emergência ser publicado na cidade.

Profissionais da Secretaria de Saúde, Defesa Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do município estarão em três rodovias que dão acesso à cidade. São elas as MTs 358, 339 e 480.

De acordo com o prefeito de Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira, as equipes estarão nessas barreiras monitorando todos que entrarem na cidade durante 24 horas por dia.

As medidas valem por tempo indeterminado.

  • Barreiras sanitárias são colocadas em entradas de cidades para conter propagação do coronavírus em MT
  • Barreiras sanitárias são colocadas em entradas de cidades para conter propagação do coronavírus em MT
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.