Quinta, 25 de Fevereiro de 2021 14:41
066 99679-8308
Dólar comercial R$ 5,52 1.756%
Euro R$ 6,73 +2.25%
Peso Argentino R$ 0,06 +1.82%
Bitcoin R$ 291.185,55 +2.101%
Bovespa 113.600,37 pontos -1.79%
Cidades Planejamento

Secretaria de Educação e gestores de escolas discutem início do ano letivo

O retorno das aulas presenciais foi um dos assuntos abordados durante o encontro

22/01/2021 14h38
Por: Redação Fonte: Oliveira Neto | Ascom - Educação
Foto: Ascom Prefeitura/Anderson Lippi
Foto: Ascom Prefeitura/Anderson Lippi

Gestores de todas as escolas municipais estiveram reunidos com a equipe da Secretaria de Educação nesta quarta-feira (20). O encontro foi na escola Paulo Freire e em pauta estavam as estratégias para a volta às aulas.

A secretária de Educação, Elaine Lovatel, iniciou o momento dando boas-vindas aos presentes e fez apresentação das equipes que compõem a pasta. Em seguida foi discutido o assunto de maior conjectura: o retorno das aulas presenciais.

A maioria dos gestores se manifestaram durante o evento. Muitos fizeram avaliações sobre os riscos a serem encarados com o ajuntamento de estudantes. No entanto, foram quase unânimes pelo retorno das aulas presenciais, ainda que por etapas como já havia proposto a secretária de Educação.  

“Tivemos uma reunião muito produtiva e saímos muito otimistas porque praticamente todas as equipes gestoras concordam com o retorno às aulas. Então, a gente vai permanecer acompanhando os casos e aguardar para saber como vai ser o número de casos e havendo redução nos números no final de fevereiro ou início de março estaremos gradativamente retornando com os alunos às escolas”, ressaltou Elaine.

A gestora da escola Fredolino Vieira Barros, em Groslândia, Carla Sanches, comentou que, além da preocupação que todos os gestores devem ter com relação à volta dos alunos à sala de aula, como os cuidados com a higienização, proteção e distanciamento social, a escola dela por estar localizada na zona rural tem mais um agravante: o transporte escolar.  

“O protocolo de saúde é praticamente o mesmo para todas as escolas municipais. Porém, para as escolas da zona rural tem um diferencial que é o transporte escolar. Vamos ter que estudar melhor a demanda porque cerca de 70% de nossos alunos são advindos de fazendas e, portanto, percorrem uma maior distância até a chegada na escola. Então, teremos que pensar a situação, pensar inclusive a monitoria dentro desses transportes pra cuidar bem de nossas crianças e evitar qualquer tipo de contaminação”, disse a gestora.

Vale lembrar que o ano letivo será lançado oficialmente na próxima segunda-feira (25), a partir das 8h30 no auditório do Paço Municipal. Em cumprimento ao último decreto do Governo do Estado, o evento será online, com a presença apenas de um dispositivo de honra.

A partir do início de fevereiro serão iniciadas as aulas via internet. Só no final de fevereiro os estudantes vão sendo liberados aos poucos para voltar ao convívio escolar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.