Domingo, 27 de Setembro de 2020 00:00
066 99679-8308
Polícia Agressão

Homem é preso suspeito de invadir casa e agredir ex-mulher grávida e a filha dela em MT

Vítima se defendeu com um pote de vidro e fugiu, em seguida, para pedir ajuda com a filha.

12/09/2020 11h38
Por: Redação Fonte: Por: G1 MT
Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência — Foto: Polícia Militar/MT
Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência — Foto: Polícia Militar/MT

  Um homem de 30 anos foi preso suspeito de invadir a casa e agredir a ex-mulher grávida e a filha dela, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, na madrugada dessa sexta-feira (11). As vítimas conseguiram fugir do local pediram ajuda dos vizinhos para chamar a polícia.

  Os policiais faziam rondas pelo bairro, quando foram acionados via 190 por volta de 1h30 da madrugada por uma pessoa que informou sobre as agressões.

  A mulher está grávida de seis meses. Ela contou à polícia que ligou para o suspeito que era seu companheiro para que ele fosse buscar o restante de seus pertences da casa em que eles moravam, pois a vítima não o queria mais.

  O homem foi até a residência da vítima alterado. Por perceber o estado dele, ela se recusou a abrir o portão, no entanto, ele pulou o muro e invadiu a casa.

  A mulher e a filha que é adolescente se trancaram em um dos quartos, mas o suspeito arrombou a porta, derrubando-a em cima da mulher.

  Segundo a polícia, a vítima relatou que o suspeito deu um tapa no rosto da filha dela. Em seguida, ele a pegou pelos cabelos e a arrastou para fora do imóvel.

  Ela contou aos policiais que era agredida com tapas na cabeça. Durante as agressões, ela encontrou um pote de vidro e acertou o homem e fugiu junto com a filha em busca de ajuda.

  Após a situação, os policiais foram até a casa da vítima e prenderam o suspeito que estava com um ferimento na cabeça.

  Ele conduzido à delegacia. A Polícia Civil investiga o caso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.