Domingo, 17 de Janeiro de 2021 07:40
066 99679-8308
Polícia Investigação

'Comportamento não era compatível com o de pais que haviam acabado de perder um filho', diz delegado sobre casal preso por morte de bebê em MT

Pais disseram à polícia que o bebê tinha morrido enquanto todos dormiam, mas foram identificados indícios de homicídio.

05/01/2021 08h25
Por: Redação Fonte: G1
Casal prestou depoimento na delegacia de Barra do Bugres — Foto: Polícia Civil de MT
Casal prestou depoimento na delegacia de Barra do Bugres — Foto: Polícia Civil de MT

O casal que foi preso em Barra do Bugres suspeito de matar o filho, que tinha um mês de vida, entraram por várias vezes em contradição durante depoimento à polícia. Segundo delegado, o comportamento deles não era compatível com o de quem havia acabado de perder um filho.

A equipe da Polícia Civil foi acionada no último sábado (2) pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) depois que foi constatada a morte da criança. Apesar de os pais terem dito que o bebê tinha morrido enquanto todos dormiam, havia indícios de homicídio.

Enquanto aguardavam a chegada dos oficiais, o delegado Rodolpho Bandeira, que investiga o caso, conta que o comportamento dos pais estava estranho.

“Quando aguardávamos a equipe, já podemos constatar também que eu comportamento dos pais da criança não era compatível com quem tinha acabado de perder um filho. Isso porque inicialmente acreditávamos que se tratava de um homicídio culposo”, afirma.

De acordo com o delegado, os suspeitos relataram que na noite anterior haviam ingerido bebida alcoólica e dormiram com o filho e quando acordaram a criança estava morta.

Durante as investigações a equipe constatou que havia manchas de sangue pela casa e foi comprovado pela perícia que era sangue humano.

Os suspeitos foram conduzidos até a delegacia para prestar depoimento e, segundo o delegado, eles alegaram que não sabiam explicar as manchas de sangue na casa.

A equipe do Instituto Médico Legal (IML) concluiu o laudo de necropsia afirmando que a causa da morte do bebê foi traumatismo craniano e não asfixia como foi relatado pelos pais.

“Recebemos a informação de que o pai da criança não sabe se é realmente o pai, isso porque ela foi registrada também sem o nome dele. Não sabemos se isso está relacionado com o fato. Além disso, a mãe da suspeita afirmou que não acredita na versão da filha alegando que ela é uma pessoa 'dissimulada'”, afirma.

A polícia fez a prisão em flagrante dos pais pelo crime de homicídio qualificado e fraude processual. Ainda não se sabe a motivação do crime.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sorriso - MT
Atualizado às 08h25 - Fonte: Climatempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 22° Máx. 30°

25° Sensação
10 km/h Vento
84.7% Umidade do ar
67% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (18/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva
Terça (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio