Quinta, 25 de Fevereiro de 2021 15:02
066 99679-8308
Política Agenda Presidencial

Silvio Fávero e Nelson Barbudo articula com vice-presidente avanços para o desenvolvimento sustentável e implantaçâo do Colégio Militar

Deputado estadual Silvio Fávero e o Deputado Federal Nelson Barbudo reuniram com o Vice-Presidente General Hamilton Mourão, nesta quarta-feira(20), em Brasília.

21/01/2021 18h19
Por: Redação Fonte: Assessoria
Silvio Fávero e Nelson Barbudo articula com vice-presidente avanços para o desenvolvimento sustentável e implantaçâo do Colégio Militar

Em reunião com o vice-presidente do Brasil, General do Exército Hamilton Mourão, nesta quarta-feira (20), o deputado estadual Silvio Fávero juntamente com o deputado Nelson Barbudo, atuaram em defesa de pautas estaduais com foco no desenvolvimento sustentável e na expansão do ensino militar.

Na agenda em Brasília (DF), os parlamentares defenderam os produtores que atuam legalmente em Mato Grosso, Estado que segue líder do ranking nacional de produção agrícola, de acordo com o último levantamento feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). 

O deputado estadual, que é autor da Lei nº 11.273/20, que regulamentou as normas e possibilitou a expansão do ensino militar no Estado de Mato Grosso, aproveitou a oportunidade para tratar da proposta de utilização da estrutura do 9°BEC, em Cuiabá que será transferido para o município de Sinop, para construção de um Colégio Militar do Exército. A proposta avança no Estado com a participação Associação dos Oficiais da Reserva do Exército em Mato Grosso (AORE-MT).

O 9° BEC de Cuiabá é uma Unidade Militar que possui em sua história grandes realizações, entre elas a construção da BR-163.

“Neste momento de tristeza da saída do 9° BEC de Cuiabá, é o momento de lutarmos pela implantação do Colégio Militar na Capital, nos moldes dos Colégios de Campo Grande, Belém e São Paulo, para manter todo o legado histórico do Exército na Capital”, finaliza Nelson Barbudo.

Interessado na proposta, o vice-presidente pontuou que era de interesse do Governo Bolsonaro criar, no mínimo, um Colégio Militar do Exército para cada capital, contudo a falta de efetivo militar dificulta essa implantação.

E para que essa demanda avance se faz, primeiramente,  necessário uma agenda com o comandante nacional do Exército General Edson Pujol.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.