Sábado, 06 de Junho de 2020 10:46
066 99679-8308
Estado Antes e Depois

Veja como ficaram as instalações da nova estrutura do Hospital Metropolitano

Unidade está preparada para atuar no tratamento dos paciente diagnosticadas com a covid-19

18/05/2020 17h15
Por: Redação Fonte: Carlos Celestino | Secom-MT
Hospital Metropolitano atuará como unidade de referência para o tratamento de pacientes diagnosticados com a Covid-19. - Foto por: Maros Vergueiro/Secom-MT
Hospital Metropolitano atuará como unidade de referência para o tratamento de pacientes diagnosticados com a Covid-19. - Foto por: Maros Vergueiro/Secom-MT

O Governo de Mato Grosso vem promovendo uma série de melhorias na rede de saúde do Estado. O objetivo é oferecer uma rede hospitalar com excelente estrutura para atender os usuários que dependem do Sistema Público de Saúde (SUS).

Na última quinta-feira (14.05), o governador Mauro Mendes, o secretário de estadual de Saúde Gilberto Figueiredo e demais autoridades entregaram o novo Hospital Metropolitano, que fica na cidade de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, escolhido para ser a unidade referência para o tratamento de pacientes diagnosticados com a covid-19.

A obra mais rápida da saúde, finalizada em apenas 45 dias de trabalho, resultou na recuperação da estrutura existente e a construção de 210 novos leitos. Agora, o hospital é uma das unidades com maior capacidade de atendimento do Estado.

Para realizar essas melhorias, foram investidos R$ 16,5 milhões para reformar e ampliar os antigos setores em uma moderna unidade de saúde, com estrutura agradável para pacientes e profissionais que irão trabalhar no local.

Quem passar em frente a unidade, já percebe as mudanças, pois a fachada principal, junto com as outras demais portas de acesso ganharam um novo logo de identificação do hospital.   

A recepção da unidade ficou ampla e moderna. A sala de atendimento foi estruturada, recebeu pintura com cores de tons leves e um conjunto de luzes que proporcionou uma boa iluminação interna. As cadeiras foram substituídas por modelos com encosto acolchoado, proporcionado conforto. O local é refrigerado, ganhou jarros de plantas decorativas e quadros com mensagens motivacionais para estimular todos aqueles que estão em processo de tratamento. 

Os pisos dos corredores foram trocados e as paredes da unidade receberam protetores de parede, tecnicamente chamados de "bate-macas", todos de plástico, conforme determinam as normas técnicas. As portas receberam placas para os pacientes e profissionais possam identificá-las. As paredes também receberam os quadros com mensagens e imagens motivacionais.

Prontos para receber pacientes, os 210 novo leitos, estão equipados com aparelhos de ponta. A tecnologia faz parte da nova estrutura que possui camas elétricas, um modelo eficiente para proporcionar conforto e segurança na mobilização do paciente internado. Os quartos são amplos, possuem armários e são climatizado.

Além disso, os leitos estão aparelhados com equipamentos de monitoramento cardíaco e respiradores. Esses equipamentos proporcionam condições ideais para que os profissionais da saúde possam realizar o seu trabalho durante o tratamento de todos os pacientes que forem encaminhados para o Hospital Metropolitano.

A unidade hospitalar conta 238 leitos clínico e 40 Unidades de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis para o tratamento de pacientes. Destes, 210 são totalmente novos, pois houve a ampliação de 180 leitos clínicos e 30 de UTI.

Após o encerramento do atual cenário de pandemia da covid-19, toda estrutura construída ficará em definitivo para o tratamento dos pacientes que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) no atendimento de especialidades contempladas antes da pandemia por coronavírus.

Serviço

Durante o período de pandemia da Covid-19, o Hospital Metropolitano atuará como unidade de referência para o tratamento de pacientes diagnosticados com a doença e que precisem de atendimento. A unidade está localizada na rua Dom Orlando Chaves, S/N - Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.