Segunda, 13 de Julho de 2020 18:10
066 99679-8308
Estado Floresta em Pé

Governo de MT recebe 71 veículos para fortalecer a produção sustentável

Veículos irão apoiar ações do Estado para combate ao desmatamento ilegal e fortalecimento das ações de desenvolvimento sustentável

26/06/2020 09h05
Por: Redação Fonte: Rosana Persona e Juliana Carvalho | Empaer e Sema-MT
Serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural serão executados em 39 municípios do Estado - Foto por: Christiano Antonucci
Serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural serão executados em 39 municípios do Estado - Foto por: Christiano Antonucci

O Governo de Mato Grosso recebeu 71 veículos, que irão apoiar as ações realizadas pelo Estado para combater o desmatamento ilegal e fortalecimento das cadeias produtivas sustentáveis do Estado. A nova frota é fruto de parceria entre as Secretarias de Meio Ambiente (Sema), de Agricultura Familiar (Seaf), de Desenvolvimento Econômico (Sedec), de Segurança Pública (Sesp) e do Ministério Público Estadual (MPE),

O investimento de R$ 3,2 milhões na locação dos veículos de passeio e caminhonetes foi feito com recursos do Programa REED+For Early Movers (REM), viabilizados pelos governos da Alemanha e Reino Unido, pelo período inicial de 12 meses.

“A proteção ao Meio Ambiente e o fomento à Agricultura Familiar andam de mãos dadas e tem recebido atenção especial do Governo de Mato Grosso. Esses veículos vão reforçar muito as políticas públicas em andamento e colaborar para a preservação. O fortalecimento das cadeias produtivas garante mais qualidade de vida e fonte de renda para milhares de famílias de pequenos agricultores. E o combate ao desmatamento ilegal e queimadas, além da preservação por si só, consolida Mato Grosso como um Estado sustentável perante dezenas de países para os quais exportamos nossos produtos”, projeta o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes.

Nesta fase, a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) vai receber 58 veículos para apoiar a execução dos subprogramas de Agricultura Familiar e Produção Sustentável, conduzidos pela Seaf e Sedec, respectivamente. A Empaer é responsável pela Assistência Técnica Rural e vai prestar vai prestar atendimento a 5.750 agricultores familiares, povos indígenas, comunidades tradicionais e médios produtores

O presidente da Empaer, Renaldo Loffi, explica que os serviços serão executados em 39 municípios do Estado e os técnicos vão atender as cadeias produtivas da pecuária leiteira, fruticultura, culturas perenes e pecuária de corte em sistema para cria de bezerros. Os veículos e os equipamentos de informática vão atender os municípios das regiões de Cuiabá, Alta Floresta, Juína, Rondonópolis e Sinop.

De acordo com Loffi, o Programa REM com essas aquisições dará um importante impulso aos trabalhos já realizados pela empresa, proporcionando mais eficiência às atividades. Considera a iniciativa de suma importância e de enorme impacto ambiental e social. Os técnicos da Empaer serão responsáveis pela assistência técnica contínua e a implantação de boas práticas nas cadeias produtivas.

Em um período de um ano serão executados dois subprogramas do REM, um para atender 3.350 agricultores familiares e povos indígenas e o outro, no atendimento a 2.400 médios produtores que desenvolvem a atividade da pecuária de corte.

“A Sema acredita no fortalecimento institucional da Empaer como uma estratégia de apoio à agricultura familiar e de Mato Grosso, pois a tecnologia e o conhecimento podem avançar em cadeias produtivas sustentáveis. Esse apoio do Programa REM-MT faz parte de toda estratégia do Estado do fortalcimento da agricultura e crescimento sustentável nas pequenas e grandes propriedades", destaca Mauren Lazzaretti, que chefia a Sema, órgão responsável pela secretaria executiva do Programa REM-MT.

Fiscalização

Já Sesp, por meio do Batalhão de Policia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), Sema e Ministério Público estadual receberam 13 veículos que irão apoiar as ações de fiscalização para o combate do desmatamento ilegal e outros crimes contra a flora.

Campeão na redução do desmatamento

O Programa REM remunera e premia o esforço de mitigação das mudanças climáticas de pioneiros do REDD+ (Early Movers). Mato Grosso, ao longo dos últimos onze anos, reduziu o desmatamento em 86% se credenciando para participar do programa. Além disso, lançou na Conferência do Clima, em Paris, a Estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI), iniciativa inédita que integra atores do governo, iniciativa privada e terceiro setor em prol do desenvolvimento sustentável.

O contrato do REM Mato Grosso prevê recursos na ordem de 44 milhões de euros do governo da Alemanha por meio do Banco Alemão de Desenvolvimento (KfW), e o governo do Reino Unido, por meio do Departamento Britânico para Energia e Estratégia Industrial (BEIS). Os recursos do Programa estão distribuídos da seguinte maneira: 60% para os subprogramas de agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais na Amazônia, Cerrado e Pantanal; territórios indígenas; e produção sustentável, inovação e mercados.

Os demais 40% são destinados ao fortalecimento institucional de entidades governamentais do Estado e na aplicação e desenvolvimento de políticas públicas estruturantes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.