Sábado, 26 de Setembro de 2020 23:08
066 99679-8308
Estado Reunião

Professores e equipe gestora se reúnem para debater sobre novas tecnologias nas aulas não presenciais

O ponto principal do encontro foi o debate sobre como os professores estão trabalhando as aulas online o atendimento aos alunos na plataforma Microsoft Teams e pelo aplicativo WhatsApp

14/09/2020 14h06
Por: Redação Fonte: Adilson Rosa | Seduc MT
Foram respeitadas as normas de higienização das mãos, aferimento de temperatura corporal, uso de álcool em gel, uso de máscara, distanciamento de 2 metros - Foto por: Divulgação
Foram respeitadas as normas de higienização das mãos, aferimento de temperatura corporal, uso de álcool em gel, uso de máscara, distanciamento de 2 metros - Foto por: Divulgação

  Equipe gestora e profissionais da educação da Escola Estadual Senador Azeredo, no bairro do Porto, em Cuiabá, realizaram uma reunião pedagógica presencial para as devidas apresentações e esclarecimentos sobre as aulas não presenciais. Tanto os coordenadores pedagógicos como a maior parte dos professores são novos na unidade escolar.

  A equipe gestora garante que não medirá esforços para melhorar o índice de aprendizagem da unidade escolar. O encontro ocorreu na sexta-feira (11) no período matutino, no pátio da escola e contou com representantes do Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar (CDCE).

  Segundo o coordenador pedagógico Douglas Garin, a reunião ocorreu nas dependências da Escola Estadual para que a equipe gestora pudesse ter contato presencial com os professores.

  “Foi um momento de apresentação não só da nova equipe gestora como dos novos professores que compõem o corpo docente da escola. Embora tenhamos vários encontros individuais online, faltava esse encontro no coletivo”, destaca.

  A coordenadora pedagógica Bruna Raquel Santos, acrescenta que a reunião foi importante, pois foram debatidos temas para o início do ano letivo não presencial. Como se trata de uma situação atípica, foram esclarecidos pontos como o fluxo de trabalho, a equipe fez uma orientação geral sobre a avaliação diagnóstica que todas as escolas estão realizando nesse período.

  “O ponto principal da reunião foi o debate sobre como os professores estão trabalhando as aulas online o atendimento aos alunos na plataforma Microsoft Teams e pelo aplicativo WhatsApp. Traçamos estratégias para motivar e manter os alunos nos grupos das aulas online. Para os alunos sem acesso à internet, foram disponibilizados materiais impressos”, frisa.

  Tecnologia

  Douglas Garin destaca que, durante o encontro, foram debatidas questões do uso da tecnologia nos cursos de formação. Os participantes concluíram que as aulas não presenciais é uma situação nova tanto para os professores como para a equipe gestora.

  O diretor Handus Silva Freitas esclarece que alguns professores não participaram por ser grupo de risco ou licença saúde. Além disso foram respeitadas as normas de higienização das mãos, aferimento de temperatura corporal, uso de álcool em gel, uso de máscara, distanciamento de 2 metros.

  Desafios

  “Todos estão cientes dos desafios e dificuldades decorrentes da pandemia de Covid-19. Todavia, todos estão igualmente motivados e prontos para o enfretamento consciente, com responsabilidade e compromisso com a oferta de uma educação de qualidade”, assinala.

  No entendimento da assessora pedagógica Suzana Rondon, a iniciativa da reunião presencial permitiu uma troca maior de saberes, o fortalecimento da parceria entre os pares, o esforço para cumprir as diretrizes educacionais da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

  “A atitude de organizar uma reunião presencial fortalece o compromisso da equipe gestora com a qualidade do processo de ensino e aprendizagem, com educação de qualidade, com nossos alunos que ainda encontram dificuldades para acompanhar as aulas não presenciais”, salienta. A EE Senador Azeredo tem 452 alunos matriculados no ensino fundamental do 1º ao 9º ano.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.