Quarta, 27 de Janeiro de 2021 09:22
066 99679-8308
Estado Covid-19

Covid-19 mata 164 pessoas em MT nos primeiros 10 dias de 2021; ocupação de UTIs sobe e chega a 58%

O índice representa um aumento de 80% em relação ao número de mortes registradas nos primeiros dez dias de dezembro do ano passado (91 óbitos).

11/01/2021 13h42
Por: Redação Fonte: G1
Lacen atingiu a média de 4.454 testes aplicados para cada 100 mil habitantes — Foto: Tchélo Figueiredo | Secom-MT
Lacen atingiu a média de 4.454 testes aplicados para cada 100 mil habitantes — Foto: Tchélo Figueiredo | Secom-MT

Mato Grosso já registrou 164 mortes em decorrência da Covid-19 nos primeiros dez dias de 2021, que representa um aumento de 80% em relação ao número de mortes registradas nos primeiros dez dias de dezembro do ano passado. A taxa de ocupação de leitos também aumentou e chegou, nesse domingo (10) a 58%.

De acordo com os dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o estado registrou 91 mortes por coronavírus nos primeiros dez dias de dezembro. O número de casos notificados também aumentou. Foram 6.472 casos do dia 1° ao dia 10 de dezembro, contra 8.908 casos do dia 1º ao dia 10 de janeiro deste ano.

 

Os primeiros dias de 2020 já registraram uma média de 16 mortes diárias pela doença. Outro índice que teve um aumento considerável foi a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no estado.

Até o dia 10 de dezembro, a taxa estava em 37%. Em novembro, ela havia chegado a 34%. No entanto, em um mês, a ocupação das UTIs subiu e chegou a 58% no último domingo (10).

Dados estaduais
Mato Grosso já registrou 4.684 mortes em decorrência da Covid-19 e mais de 189 mil casos da doença, até esse domingo (10). Em Cuiabá, já foram 1.225 mortes e 42,5 mil pessoas infectadas pelo coronavírus.

Há 872 pessoas internadas com a doença no estado, atualmente.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 236 internações em UTIs públicas e 267 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 58,56% para UTIs adulto e em 30% para enfermarias adulto.

À espera da vacina
O governo de Mato Grosso está fazendo uma licitação para comprar 11 milhões de seringas para serem usados em campanhas de imunizações no estado e contra o coronavírus (Covid-19).

Em dezembro de 2020, o governo de Mato Grosso formalizou a intenção de adquirir 500 mil doses da vacina Coronovac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a empresa Sinovac.

Alguns brasileiros que moram no exterior já estão sendo vacinados, como é o caso do médico mato-grossense Wagner Vaz Guimarães, de 43 anos, que já recebeu as duas doses da vacina Pfizer, contra a Covid-19. Ele é de Poconé (MT) e mora no Texas, nos Estados Unidos, há quatro anos no Texas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.